Já nasceu

Desculpem, estou em falha para convosco.

A nossa princesa já nasceu. Com 3,195kg e 48cm

Nasceu 10 dias antes da data prevista porque eu perdi líquido amniótico.

Graças a Deus foi tudo detetado a tempo, provocaram o parto, o corpo não reagiu por isso fizeram cesariana.

A nossa princesa nasceu saudável e agora somos 3. Temos a nossa família completa!

Gastámos algum bastante dinheiro e andámos 4 anos a lutar. Se valeu a pena?

Não há dúvida que sim!

Valeu a pena toda e cada viagem para Coimbra, Porto e Lisboa com mais ou menos esperança!

Valeu a pena cair e voltar a levantar!

Valeram a pena as 2 interrupções de tratamento, a não fecundação e o negativo para terminar com o positivo!

Valeram a pena o descolamento de placenta, as preocupações com alimentação por causa da toxoplasmose e a perda de líquido amniótico para ter agora a nossa guerreira nos nossos braços!

Só percebemos o quão fortes somos quando nos colocam à prova.

Agora, olhando para trás, percebemos que tanto nós como a nossa princesa fomos mesmo uns guerreiros. Nunca desistimos e agora estamos juntos, agora somos uma família de três!

Serve a nossa história para vos mostrar que é possível! Que não devem desistir.

Enquanto tiverem dinheiro [infelizmente sem dinheiro não se consegue nada quando falamos de infertilidade] não desistam! Acreditem que tudo vale mesmo a pena!

Como já tinha dito, este blogue deixa de fazer sentido porque a luta contra infertilidade acabou [graças a Deus] mas não o apago. A nossa história fica aqui publicada e o email deste blogue continua ativo.

Qualquer coisa de que precisem não hesitem. Eu continuo deste lado para vos ler e ajudar no que puder!

Anúncios

Pouco movimento mas sempre ativo

Este blog continuará sempre ativo e eu estarei sempre disponível para ajudar no que puder, via blog e e-mail. Posso até continuar a escrever sobre infertilidade se pretenderem 😉
Quero que este blog fique sempre como o registo do que passámos e que ajude quem quiser saber como se processam os tratamentos de fertilidade (apesar de cada caso ser um caso).

Qualquer dúvida, não hesitem em perguntar: mariacsblog14@gmail.com

Baby Blog?

Estou a pensar fazer um blog novo, desta vez só sobre maternidade?
Este mantinha-se ativo – fechar este estaminé está completamente fora de questão! Viria cá (muito) menos mas o e-mail daqui ficaria sempre ligado no telemóvel, sempre ativo e pronto a ser lido e respondido quando surgissem dúvidas da vossa parte.
Podia mesmo escrever aqui (sem revelar os vossos nomes) sobre dúvidas vossas sempre que surgissem questões.

O que acham? Acham que seria uma boa ideia?

 

Dia do pai e álbuns – MrWonderfulShop

Finalmente o meu dia do Pai vai voltar a fazer sentido. Fez sentido durante 12 anos como filha, depois passou a ser o dia em que telefonava para pais de ‘outros filhos’ [meu avô, meu tio-segundo-pai e namorado da mãe – pai da filha dele, meu ‘tio’. No ano passado acrescentei à lista dois primos futuros papás].
Este ano comemorarei o dia do Smurf, o Pai d@ meu/minha filh@. Para isso já mandei vir prendas/ lembranças alusivas ao dia. O Smurf disse logo que não queria prendas e, sinceramente, também não sabia o que lhe iria oferecer. Ele precisa de uns ténis mas tem de ser o próprio a escolher porque é muito esquisito. Quase mandei vir uma Hoverboard mas não ia dar para andar na rua e achei que 300€ para andar no corredor era muito dinheiro, até porque não vivemos em nenhum tipo de mansão.
Posto isto, ele sabe que vou mandar vir qualquer coisa [só espero que não se lembre de vir espreitar se escrevi sobre o assunto, não deve vir] alusivo ao dia e nada que seja caro e desnecessário. E também já o avisei que não sou filha dele e, portanto, a partir do momento em que a criança entrar para a creche fará a própria prenda. O pai só receberá mais qualquer coisa [além de um lanchinho] por iniciativa d@ filh@ e não minha 😛
Este ano é comigo, para o ano logo se vê e, para o outro já nada terei a ver com o assunto 😛

Para o efeito fui ao MrWonderfulShop e encomendei um livro e uma caneca:

O livro servirá para mais tarde registar momentos com @ baby.


Do MrWonderful guardei ainda dois álbuns na WishList, e talvez me arrependa de não os ter comprado..


Confesso que a hesitei por culpa do blog. Aqui vou registando tudo por isso, se entretanto decidir comprar o álbum da gravidez, nada será esquecido. É só vir procurar e registar tudo em condições.
Quanto ao álbum do primeiro ano, esse tenho a certeza de que quero um. Só não comprei este porque não gosto de comprar o primeiro que vejo. Fica registado na WishList e talvez o compre mais tarde.

E por aí (futuras) mamãs, já sabem o que vão oferecer aos papás dos vossos filhos? E aos vossos papás?

Ecografia adiantada e desmarcada e o meu peso

Telefonei segunda-feira. O médico vinha hoje à tarde. Ficou marcada para as 16h30. Fui sincera: sou seguida noutro sítio e queria apenas fazer uma ecografia para saber se está tudo bem, antes da próxima consulta.
Ficaram de telefonar hoje a confirmar e até a remarcar para mais tarde, a meu pedido, caso aparecesse mais alguém. Ligaram e afinal teria de ser para as 15h30. Eu disse que seria impossível, no mínimo às 16h ao que me responderam “Tudo bem, o Dtr espera um bocadinho, não há problema”.
Um pouco mais tarde voltaram a ligar a dizer que afinal o médico não vinha, teve um imprevisto.
E eu pensei: imprevisto ou não lhe compensava vir por uma pessoa que nem sequer vai ser seguida por ele e vai apenas fazer uma ecografia? Fica a dúvida, como não há outro sítio por estes lados, não me posso dar ao luxo de uma pergunta destas mas a verdade é que não me convenceram nem um bocadinho.
Perguntaram se queria remarcar para a próxima quarta, também no período da tarde. Mas eu para a semana já não posso à tarde, nem o Smurf. Eu podia hoje por estar de “mini férias de carnaval”.
Parece que vamos ter mesmo de esperar pela consulta de dia 21 de março. E eu que pensava que até já poderia saber o sexo hoje… Em relação a estar tudo bem, sinceramente acho que está porque, graças a Deus, não tenho razões para pensar o contrário.

O Smurf é que anda aflito com o meu peso, ou a falta dele. Eu não, antes pelo contrário. Cheguei à conclusão que afinal sou uma pessoa mais para o elegante e eram os tratamentos hormonais que não deixavam que o meu corpo ficasse normal.
Quando comecei a namorar com o Smurf, tinha 20 anos, e andava na fase de sair à noite e beber cerveja. Deixei a cerveja e perdi a barriga. Voltei a ganhá-la por comer demasiado [chegava a sair da mesa a sentir-me super cheia] mas, a verdade é que andava em tratamentos de fertilidade desde os 23 anos. Tratamentos que fazem inchar o corpo e que demoram até que volte ao seu estado considerado normal. Entretanto, na IVI não precisei de estimular os ovários, apenas o útero e, parecendo que não, faz toda a diferença no que diz respeito a barriga inchada.
Tenho esperança que, por este andar, depois de ter a criança nos braços, consiga voltar ao normal sem grande dificuldade mas agora não penso em dietas. Faço uma alimentação saudável e não passo mais de três horas sem comer. Ah! E deixei as gorduras e as peles e essa parte mais saborosa da comida e que tanto mal faz.. Porque, pelo que vejo no Dtr Google, o que aconselham a grávidas é o mesmo tipo de alimentação que aconselham a quem pretende emagrecer sem dieta. Ao pequeno almoço é que substituí o batido que bebia antes [nunca testado em grávidas] por meio litro de leite com cereais nestlé [a parte menos saudável da minha alimentação, mas que alimenta bastante]. Vamos ver o que acontece com o meu peso daqui para a frente. Por enquanto e, devido à aflição do Smurf, o Dtr receitou um suplemento alimentar que tomo todos os dias ao almoço.

peso-gravidez

Imagem retirada algures da net

fevereiro

  • Terceiro mês de gravidez;
  • Segundo mês sem fumar;
  • Anúncio da gravidez: Primeiro aqui no blog e depois ‘ao mundo’, começando a contar a algumas pessoas sem pedir segredo;
  • O sol tem aparecido cada vez mais;
  • Comecei uma nova atividade profissional em part-time e, por isso, compatível com a gravidez;
  • A barriga começou a crescer. Ainda cresceu pouco, mas faz parte, temos de dar tempo ao tempo;
  • Os 18 anos de uma prima, que mais pareceram um “sweet eighteen” e até fogo de artifício incluíram – só faltou mesmo o carro para ser tal e qual o famoso “sweet sixteen”;
  • Mês que acabou em bom: um feriado e mais 2 dias em casa [incluindo hoje, o 1º de março];
  • Comprei, finalmente, uma agenda;
  • Último mês [completo] de inverno.

Que venha então março e a primavera que nós cá os esperamos 😃