Incertezas

Estou ansiosa e sem certeza de nada.

Não gosto de não ter certezas do meu próprio rumo. Da minha vida!

Gosto de saber o que vou fazer e quando.

Planear os meus dias de acordo com as minhas vontades e necessidades.

Agora, apenas sei que vou fazer uma FIV; Constantes controlos ecográficos; Começar dia 14 de julho.

E acabou! Não sei mais nada.

Não sei datas. Não posso planear a minha vida para depois de dia 14.

Com nada me posso comprometer.

Não sei quando estarei disponível para o quê. Nem em que dias terei de ir lá.

Não sei quanto vou ter de repousar.

Tudo vai depender das respostas do meu corpo.

Que, apesar de meu, tem as suas próprias reações.

Que não posso nem consigo controlar.

Bem sei que nada podemos dar como certo num mundo tão incerto como aquele em que vivemos.

Mas não é por saber que deixa de custar.

E, depois de uma imensa quantidade de incertezas, chega a incerteza final.

O momento de saber se resultou ou se tudo foi em vão.

E quando tudo foi em vão? Quando o processo falha?!

Ou pior, quando o processo resulta mas acaba por falhar antes de terminarem os 9 meses?!

Não devia ser assim.

Mas na vida real nem sempre as coisas acontecem como e quando desejamos.

 

São tantas as incertezas que só mesmo o sonho aliado à esperança fazem valer a pena a tentativa!

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s