O meu avô já podia ser bisavô.. Mas não é..

Telefonou-me para o telemóvel uma semana antes de fazer 85 anos. Disse-me que ia fazer almoço de aniversário e perguntou se podia contar comigo e com o Smurf. Conversa puxa conversa [sobre o quanto trabalhava em novo e agora já não pode] e eu disse-lhe “É normal, a idade é outra. Antes era filho e agora já é avô” ao que ele me respondeu “Pois é, e já podia ser bisavô, vocês é que não há meio”.
Eu limitei-me a responder “Nós lá estamos a trabalhar para isso”. E acham que ele percebeu que eu me estava a referir aos tratamentos? Claro que não. Logo a seguir liguei para a minha mãe a rir e pedi-lhe que não contasse nada à minha avó.

E agora dizem vocês:
– É normal, é da idade. > Não, é da cabeça! Mas não tem nada a ver com a idade. Sempre foi assim, está na dele e não presta atenção a nada.
– Mas ele não sabe que andas a fazer tratamentos? > Claro que sabe, pelo menos devia saber. Até ele dizer isto eu estava convencia que toda a gente na família sabia. Pelos vistos toda a gente sabe, exceto o meu avô. Porque já se falou no assunto à frente dele, ele é que está na dele e não presta atenção a nada.

Para vos contextualizar, vou apresentar-vos o meu avô. E a razão de não ter ficado chateada nem triste com esta infeliz saída [e também a razão de não querer que a minha avó saiba]:

-O típico avô que estraga os netos até dizer chega!
– “A tua mãe não te deixa comer gomas? Mas ela não está aqui. Vá, come e não digas nada (nem à avó)” e era isto todos os sábados. Só parou no sábado em que nos comprou tantas gomas que a minha prima não conseguiu comer a tempo e acabou por ser apanhada com o saco. O meu avô levou uma rabecada maior que nós (por razões óbvias, visto que éramos apenas crianças com 6/7 anos).
– “Eu vou para esses lados sexta feira por isso trago-te, escusas de vir de autocarro.” Vai ter comigo ao café. Puxa do cigarro e pede uma média. “Se a avó perguntar eu não fumei e bebi café”. Porque a avó é quem manda!
– Tem 85 anos e ainda conduz. Entra nas rotundas e quem quiser que se desvie. Depois tem o descaramento de refilar “Caraças que este gajo ia vindo para cima de mim, esta gente não sabe conduzir”.
– Fuma às escondidas da minha avó, porque ela é que manda! Todos os dias o meu avô leva o lixo e vai fechar o portão [ambas as tarefas demoram tempo suficiente para fumar um ou dois cigarros]. Aliás, entra em casa para não mais sair e, à porta, a minha avó sugere-lhe que aproveite e feche logo o portão. Ao que ele responde “Deixa estar, eu depois já cá volto”.
– É o motorista do meu primo de 11 anos. Chama-lhe patrãozinho [sim, também tem sentido de humor] e entretém-se a levá-lo à escola, ao conservatório, às explicações e onde mais ele precisar (com os netos mais velhos já era assim, nós é que não tínhamos tantas atividades). Sai de casa 1 hora antes para ir buscar o miúdo [diz que ainda vai meter gasóleo – 1hora só se for para atestar o camião Tir que não tem]. Ora, ele demora 5 minutos a chegar. Saindo 1 hora antes tem tempo de passar a tomar café e/ou beber a sua cerveja e fumar meia dúzia de cigarros (para compensar os que não pode fumar na presença da minha avó).
– Não sai de casa sem passar pela vistoria da minha avó: penteia-o e ajeita-lhe a gravata, a camisa e o pullover  (claro que na véspera foi a ela que escolheu o que ele iria vestir). Ele não é inválido, só é trapalhão e sempre se habituaram assim porque a minha avó quer que ele saia de casa como um senhor e, por ele, saía tipo miúdo ao fim de um dia de brincadeira: despenteado e com a roupa completamente desalinhada.

Resumindo: o meu avô é um autêntico miúdo de 85 anos.

Anúncios

10 thoughts on “O meu avô já podia ser bisavô.. Mas não é..

  1. Pingback: O novo Tinder da igreja | Cantinho dos Smurfs

  2. Pingback: Detetive avô em ação – Cantinho dos Smurfs

  3. Não pude deixar de rir com tão adorável descrição. Não deixa de ser uma pessoa salutar. Afinal, distraído e algo “maroto” não é uma pessoa comum, das que estão sempre a praticar o mal e criar conflitos entre familiares. Com 85 anos deve pois gozar os pequenos prazeres da vida.

    Liked by 1 person

    • Ah não.. Conflitos não é com ele.. Mal entendidos sim, é tão distraído que às vezes perceber as indicações ao contrário mas nada de grave hahahaha.
      E ele goza-os bem.. Tosse imenso por causa do tabaco mas, na minha opinião, se o deixasse agora dava-lhe uma coisinha por causa da ansiedade..

      Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s