Trabalhos de casa e a culpa que não é sempre do professor

Sou a favor dos trabalhos para casa, desde que em quantidade q.b. e feitos pelos miúdos.
De que adianta chegarem com os trabalhos e os pais darem as respostas? Adianta zero! Aliás, habitua as crianças a não ter obrigações. Habitua-os a que os pais façam tudo por eles. Desta forma nem precisam de estar com atenção na escola porque, quando chegarem a casa, não vão precisar de aplicar o que aprenderam.

E quando “O professor não explicou”

Não se ponham logo contra o professor, vão à escola saber o que realmente aconteceu. Muitas vezes o professor explica. Os alunos é que não ouvem porque estão desatentos, a brincar, a falar com os colegas..
Eu sei que há maus professores, desses que mandam os trabalhos sem explicar e só explicam se algum aluno apresentar dúvidas – e nestes casos raros é preciso tomar outras medidas obviamente. Mas acreditem que, na esmagadora maioria dos casos, os professores explicam, os alunos é que não ouvem porque estão desatentos e depois dizem não perceber nada. Claro que aí o professor não vai explicar só a um. Explica só para um quando se trata de uma dúvida, não por falta de atenção.
E acho muito bem que assim seja. O aluno tem de saber respeitar as regras da sala de aula, não poderá ter tratamento especial (recebendo explicação individual) por estar desatento durante a explicação de grupo.
Os pais precisam de se mentalizar que culpa não é sempre do professor!
Vou dar-vos um exemplo que se passou comigo:
Dava explicações a 3 alunas da mesma turma, à mesma hora. Duas delas faziam os exercícios corretamente. A outra só fazia metade. A desculpa era sempre a mesma: A professora deixava-a ir à casa de banho sempre que pedia, mesmo a meio dos exercícios (como se tal fosse possível com um professor minimamente consciente).
Nunca nada aconteceu porque a mãe desta aluna estava consciente da filha mimada e mal educada que tinha em casa. E a professora tinha imensos anos de experiência e ótima fama.
Não fosse uma professora tão experiente e bem afamada, seria mal intitulada pela boca de uma criança mal educada que alegava sempre desconhecer as matérias dadas na sala de aula.

E quando o professor manda muitos trabalhos?

E mandou mesmo muitos? Ou mandou fazer na sala e, caso não acabassem, fariam em casa juntamente com  os trabalhos de casa? Esta situação é outra que ‘revolta’ os pais quando ouvem apenas a versão dos filhos.
Porque quando questionam os filhos sobre o motivo de terem tantos trabalhos de casa, eles vitimizam-se, alegando não saber. Quando, na realidade, os colegas levam menos 4 páginas que eles, porque as resolveram na sala e ainda tiveram tempo de fazer um desenho.
É muito importante falar com o professor. Perceber a veracidade dos factos. Por muito sinceros que sejam os vossos filhos (ninguém está a dizer o contrário), eles podem e tendem a alterar um pouco a verdade quando se trata de ‘salvar a própria pele’.

E sabem o que não ajuda em nada e só piora a situação? Os pais falarem mal dos professores em frente aos filhos. Esta atitude dar-lhes-á força para se portarem cada vez pior na sala de aula!

antes-e-depois

Infelizmente este cartoon retrata bem de mais a realidade escolar da atualidade.

Anúncios

3 thoughts on “Trabalhos de casa e a culpa que não é sempre do professor

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s