E eu que gostava tanto de frango

Adorava frago: assado com batatas a murro – comprado na melhor churrasqueira da ‘minha’ cidade.
Tinha molho [para mim, não picante], pele deliciosa, batatas com um sabor maravilhoso também elas cheias de molho.. Toda uma ótima combinação que eu comia todos os sábados sem fartar. Sábado ao fim da manhã lá ia o avô comprar os frangos para almoçarmos todos em casa deles. E trazia mais que um frango e molhos picante e não picante à parte para cada um escolher.
Entretanto vim viver para a vila dele. Aqui comem frango muitas vezes [pelo menos a família dele], mas não costuma ser assado. E frango sem ser assado é logo mais seco!
Desde que engravidei mudei a minha alimentação. Não só por não ser imune à toxoplasmose, como também para ter uma alimentação mais saudável. Vai daí que deixei de comer a pele do frango [terei tempo de a voltar a comer quando tiver a criança cá fora].
Ora, frango sem ser assado e não comendo a pele, ainda mais seco fica. Já antes de engravidar andava a ficar farta de frango mas dava-se a volta, nem que fosse com maionese. Agora não podendo comer maionese, não consigo mesmo ver frango à frente.
Eu juro que tentei mas, nas últimas vezes que comi frango, demorei mais de uma hora a acabar. Comia sem apetite, sem fome, sem nada.. Comia porque tinha de comer, não posso saltar refeições agora que estou grávida.. Então ficava tipo criança de castigo: à mesa até acabar de comer, demorasse o tempo que tivesse de demorar.. Castigava-me a mim própria para não saltar a refeição e não optar por uma malga de cereais, como tanto me apetecia..
Entretanto já falei com o Smurf [ele é que tem cozinhado cá em casa] e não dá mesmo. Frango nos próximos tempos nem vê-lo!

E por aí? Há algo que tenham deixado de comer porque se fartaram ou enjoaram durante a gravidez?
whole-roast-chicken-isolated-illustration-white-background-32258636

Anúncios

Reações dos miúdos

Estou mega curiosa com a reação dos miúdos. Aliás, estou cheia de vontade que percebam que a barriga está maior, mesmo que a reação seja sobre ‘estar gorda’.
Os meninos com quem trabalho agora, na escola, foram o primeiro grupo com quem trabalhei, há 2 anos, no jardim de infância. Por estarmos numa vila são crianças que vejo e com quem falo frequentemente [e também com quem estou diariamente devido a ir buscar outros miúdos para as explicações].
São assim um grupinho especial – eram os ‘meus finalistas’ e o grupo dos 4 anos. E todos [ou 95%] ficavam no jardim de infância até bastante tarde [eu ficava até fechar, às 19h e, a maioria deles não ia para casa antes das 18h/18h30].
Mas a minha maior curiosidade prende-se mesmo com o facto de alguns terem irmãos bebés e, por isso, mães que estiveram grávidas há relativamente pouco tempo.. Vamos esperar para ver se há comentários ou se sou eu que falo no assunto por qualquer razão.

Professoa Grávida.png

Imagem tirada da net. A minha barriga ainda está bastante mais pequena.

Ontem contei a uma pessoa em frente a duas miúdas das explicações. As reações foram perguntar pelo nome que lhe vamos dar [algo que falarei aqui mais tarde]. Como o nome escolhido para menina é menos comum, uma das miúdas ainda me perguntou:
– Se for uma menina, como é que vai saber escrever o nome na escola?
Até parece que é algum nome esquisito como as filhas da Luciana Abreu.. Mas não, nada a ver 😉 O de menino é mais comum mas maior e, por isso, até será mais difícil de escrever na escola 😛

Foi preciso quase 1kg de arroz

Para perceber que não o cozíamos o suficiente.
Calma, não sou assim tão naba [e o Smurf cozinha melhor que eu]. A questão aqui foi que depois de engravidar comprámos arroz integral para provar. Mas isto de comprar sem nunca ter provado tem muito que se lhe diga..
O arroz cozia durante meia hora, ficava duro e com um sabor bastante diferente do arroz normal.
Hoje não contei a meia hora e deixei-o cozer até se acabar a água [se calhar até pus mais água que das outras vezes].
E não é que ficou com um sabor bastante idêntico ao do arroz normal? 😂

Afinal arroz integral não é assim tão mau, ficava era mal cozido.

A minha primeira vez

.. como grávida no atendimento de uma loja, não pensem que vos vou contar nada íntimo 😜
Foi ontem, cheguei a uma loja da MEO, daquelas  que está sempre cheia, não pelos ótimos serviços mas sim pela lentidão dos funcionários!
Epah e estar ali de pé não estava a ser nada confortável (e, confesso, estava com um bocado de pressa). Ainda esperámos um pouco, até passarem três amigas das nossas mães e dizerem:
– Bolas, esta loja é sempre a mesma coisa, tu estás grávida por isso aproveita se não nunca mais daqui sais.
Vai daí que a minha prima deu o passo. Aproximou-se do rapaz do balcão e perguntou:
– A minha prima está grávida, tem prioridade não tem?
Ao que o rapaz respondeu:
– Tem sim senhor, fiquem já aqui.
E assim fizemos.
Estava um senhor na fila que não percebeu bem da situação, foi ao pé de nós e perguntou ao rapaz:
– Olhe desculpe, o atendimento não é pela ordem das senhas?
Ao que o rapaz respondeu:
– Sim, mas a senhora tem prioridade porque está grávida – virou-se para nós a rir e disse – Ai como eu adoro dizer isto!
Hahahahahahahaha 😂
E sim, tenho de começar a andar com o diário da grávida porque, se me tivessem pedido comprovativo de gravidez, o único que tinha era a barriga que ainda pode ser confundida com gases 😛
Mas sim, a barriga já se começa mesmo a notar 😃 hehehe

E a barriga?

A barriga tem pelos [e a testa tem borbulhas 😒].
Não que sejam assim tipo selva mas, para quem não tinha pelos na barriga [sim, não tinha mesmo, só 1 ou 2 e super loirinhos, não se viam].


Entretanto já começa a querer fazer-se notar, graças a Deus 😃
Nota-se mais com as calças pré-mamã da Hm..
Eu sei que são só 14 semanas..
E qualquer dia passará a ser oficial. Já contei a algumas pessoas, as outras estarão quase a descobrir, pela barriga 😛

E essa ecografia?

Desculpem, ainda comecei a escrever o post ontem mas já não consegui acabar, estava cheia de dores de cabeça que isto de não beber café, levantar cedo e não parar em todo o dia não é nada fácil.
Mas vamos ao que interessa. Afinal não houve ecografia nenhuma. Mas houve batimentos cardíacos, que comprovam o mais importante: está tudo bem 😃

Também houve pesagem da mãe, que está 1kg mais magra.. Pormenor que levou o pai a ficar aflito [anda um paranóico do pior, nem imaginam].
E porque é que estou mais magra? Simples, desde que engravidei [e também por não ser imune à toxoplasmose], os meus hábitos alimentares mudaram completamente. Adoro a gordura da carne mas deixei de a comer. Gosto de carne mal passada que nunca mais comi. Tenho comido mais peru e menos vitela. A batata cá em casa passou a ser batata doce. Ainda tentámos o arroz integral mas não virou hábito porque o Smurf não gostou.
Basicamente como muito mais saudável! E, por comer de 3 em 3 horas, não como muito nas refeições, mas a verdade é que passo o dia a comer e (de gordices) só deixei de comer chocolate [como-o apenas nos donuts – só por fora, por dentro são secos – e não é todos os dias]. Começo a manhã com meio litro de leite e cereais Nestlé. Às vezes lancho mais meio litro de leite com mais cereais Nestlé. Se mesmo assim emagreço, não posso fazer nada!
Quem nos pesa são as enfermeiras, depois comentei com o Dtr, para o Smurf ficar mais descansado. O Dtr perguntou se tenho vomitado e eu disse que não “Se não vomita não há problema mas vamos receitar aqui um multivitamínico para que não lhe falte nada” e foi assim que deixei o Ácido Fólico e o Yodo em troca do multivitaminico durante o próximo mês. O Smurf ficou mais descansado, eu fiquei na mesma porque tenho plena consciência que ando a comer o que devo. Não passo fome nem deixo passar 3horas sem comer, simplesmente não como as ‘porcarias’ que comia antes e por isso emagreci.
Também ainda não tenho barriga, quando a tiver o peso aumentará logo de certeza. Começo a ter um pouquinho mas nada que as outras pessoas notem, só quando uso as calças pré-mamã, que ainda só estreei.

Entretanto, quando voltámos da consulta, ainda tive de passar no agrupamento de escolas mais próximo para me apresentar: fui colocada nas Atividades de Enriquecimento Curricular aqui na vila ‘dele’, onde vivemos. 1hora por dia com miúdos com quem trabalhei há 2 anos no jardim de infância. O ideal para ganhar algum dinheiro estando grávida. Começo hoje e acabo 2 meses antes da data prevista para parto.