Ecografia adiantada e desmarcada e o meu peso

Telefonei segunda-feira. O médico vinha hoje à tarde. Ficou marcada para as 16h30. Fui sincera: sou seguida noutro sítio e queria apenas fazer uma ecografia para saber se está tudo bem, antes da próxima consulta.
Ficaram de telefonar hoje a confirmar e até a remarcar para mais tarde, a meu pedido, caso aparecesse mais alguém. Ligaram e afinal teria de ser para as 15h30. Eu disse que seria impossível, no mínimo às 16h ao que me responderam “Tudo bem, o Dtr espera um bocadinho, não há problema”.
Um pouco mais tarde voltaram a ligar a dizer que afinal o médico não vinha, teve um imprevisto.
E eu pensei: imprevisto ou não lhe compensava vir por uma pessoa que nem sequer vai ser seguida por ele e vai apenas fazer uma ecografia? Fica a dúvida, como não há outro sítio por estes lados, não me posso dar ao luxo de uma pergunta destas mas a verdade é que não me convenceram nem um bocadinho.
Perguntaram se queria remarcar para a próxima quarta, também no período da tarde. Mas eu para a semana já não posso à tarde, nem o Smurf. Eu podia hoje por estar de “mini férias de carnaval”.
Parece que vamos ter mesmo de esperar pela consulta de dia 21 de março. E eu que pensava que até já poderia saber o sexo hoje… Em relação a estar tudo bem, sinceramente acho que está porque, graças a Deus, não tenho razões para pensar o contrário.

O Smurf é que anda aflito com o meu peso, ou a falta dele. Eu não, antes pelo contrário. Cheguei à conclusão que afinal sou uma pessoa mais para o elegante e eram os tratamentos hormonais que não deixavam que o meu corpo ficasse normal.
Quando comecei a namorar com o Smurf, tinha 20 anos, e andava na fase de sair à noite e beber cerveja. Deixei a cerveja e perdi a barriga. Voltei a ganhá-la por comer demasiado [chegava a sair da mesa a sentir-me super cheia] mas, a verdade é que andava em tratamentos de fertilidade desde os 23 anos. Tratamentos que fazem inchar o corpo e que demoram até que volte ao seu estado considerado normal. Entretanto, na IVI não precisei de estimular os ovários, apenas o útero e, parecendo que não, faz toda a diferença no que diz respeito a barriga inchada.
Tenho esperança que, por este andar, depois de ter a criança nos braços, consiga voltar ao normal sem grande dificuldade mas agora não penso em dietas. Faço uma alimentação saudável e não passo mais de três horas sem comer. Ah! E deixei as gorduras e as peles e essa parte mais saborosa da comida e que tanto mal faz.. Porque, pelo que vejo no Dtr Google, o que aconselham a grávidas é o mesmo tipo de alimentação que aconselham a quem pretende emagrecer sem dieta. Ao pequeno almoço é que substituí o batido que bebia antes [nunca testado em grávidas] por meio litro de leite com cereais nestlé [a parte menos saudável da minha alimentação, mas que alimenta bastante]. Vamos ver o que acontece com o meu peso daqui para a frente. Por enquanto e, devido à aflição do Smurf, o Dtr receitou um suplemento alimentar que tomo todos os dias ao almoço.

peso-gravidez

Imagem retirada algures da net

Emagrecer e Trisequens? FIV#3

Não me parece.
Andava a comer demais, como se costuma dizer, enchia o bandulho. Saía da mesa cheia. Agora passei a ter algum cuidado. Continuo a comer (quase) tudo mas em menor quantidade [ou seja, sirvo-me normalmente e não tipo alarve]. Evito pão, gorduras, enchidos e doces. Não quer dizer que não coma, mas já consigo comer 1 chocolate de vez em quando (quando antes não podia sequer ter chocolates em casa porque as caixas passavam de fechadas a vazias em pouquíssimo tempo).
Não paro todo o dia no trabalho, sempre de um lado para o outro.
Estou um pouco mais magra (principalmente nas pernas) mas não na barriga. Ontem vesti um vestido de dormir justinho e, de facto, a barriga até está redonda.
Pois, parece que o Trisequens não é compatível com o desejo de emagrecer.
Paciência, vou continuar a ter cuidado na alimentação. Mas não vou fazer mais do que isso.. Tenho tempo de pensar em emagrecer. Agora a prioridade é um filho. E, para isso, tenho de fazer os tratamentos!
Gostava de ter outra visão quando me olho ao espelho mas gostava ainda mais que fossemos 3 em vez de 2.
E ser 3 é mais importante do que ser magra!