Já nasceu

Desculpem, estou em falha para convosco.

A nossa princesa já nasceu. Com 3,195kg e 48cm

Nasceu 10 dias antes da data prevista porque eu perdi líquido amniótico.

Graças a Deus foi tudo detetado a tempo, provocaram o parto, o corpo não reagiu por isso fizeram cesariana.

A nossa princesa nasceu saudável e agora somos 3. Temos a nossa família completa!

Gastámos algum bastante dinheiro e andámos 4 anos a lutar. Se valeu a pena?

Não há dúvida que sim!

Valeu a pena toda e cada viagem para Coimbra, Porto e Lisboa com mais ou menos esperança!

Valeu a pena cair e voltar a levantar!

Valeram a pena as 2 interrupções de tratamento, a não fecundação e o negativo para terminar com o positivo!

Valeram a pena o descolamento de placenta, as preocupações com alimentação por causa da toxoplasmose e a perda de líquido amniótico para ter agora a nossa guerreira nos nossos braços!

Só percebemos o quão fortes somos quando nos colocam à prova.

Agora, olhando para trás, percebemos que tanto nós como a nossa princesa fomos mesmo uns guerreiros. Nunca desistimos e agora estamos juntos, agora somos uma família de três!

Serve a nossa história para vos mostrar que é possível! Que não devem desistir.

Enquanto tiverem dinheiro [infelizmente sem dinheiro não se consegue nada quando falamos de infertilidade] não desistam! Acreditem que tudo vale mesmo a pena!

Como já tinha dito, este blogue deixa de fazer sentido porque a luta contra infertilidade acabou [graças a Deus] mas não o apago. A nossa história fica aqui publicada e o email deste blogue continua ativo.

Qualquer coisa de que precisem não hesitem. Eu continuo deste lado para vos ler e ajudar no que puder!

Anúncios

Novidades da IVI :D

Peço-vos desde já desculpa mas sobre o novo desafio [quem me segue no Instagram vai perceber] falo amanhã.
Hoje a manhã começou bastante atribulada. O Femoston está a acabar. Na cidade de concelho não havia – esgotado em ambos os fornecedores. Tinha ligado para a cidade distrito segunda-feira. Tinham uma caxa disponível, pedi que me a reservassem. Hoje tinha de lá ir e aproveitei para passar na farmácia. Até aqui tudo ok, perfeito. Até olhar para a validade e perceber que acabou em junho..
E agora? Era a única caixa. O medicamento está esgotadíssimo.. Ligo para a farmácia e a senhora muto aflita pede desculpa e para a ir devolver, mas eu sei que há permissão para consumir medicamentos durante 6 meses após a validade (apesar de já não ser permitido vendê-los). Epah mas estava esgotado! Falei-lhe nessa possibilidade de o tomar na mesma e oiço a simpatiquíssima resposta “Como farmacêutica tenho de lhe dizer para não tomar, como mulher aconselho-a a tomar, por estar esgotado”.
Ligo para o meu tio (otorrino) que me diz “Em medicamentos normais dizia-te para tomares.. Como é medicamento hormonal acho que fazias melhor telefonar para a tua médica!”
Ótima ideia, ligo para a IVI e explico a situação:
– “A doutora está numa primeira consulta. Quer falar com as enfermeiras?” Claro que aceitei.
– “Não tome! Procure noutras farmácias, se não houver ligue novamente para falar mesmo com a doutora!”
Volto à farmácia para devolver aquela caixa e a senhora, mais uma vez mega simpática, faz uma última chamada – o armazém da cidade! Têm uma caixa mas não sabe validade. Eu, com horas marcadas venho embora e deixo o contacto. 50 km depois, a chegar a casa, toca o telemóvel
– “Olhe, tem validade até 2018! :D”
– “Muito obrigada. À tarde ou amanhã passo aí!”
Tudo controlado, já tinha medicação reservada!
A meio da tarde volta a tocar o telefone. Atendo sem saber quem é e oiço a voz da Dtra da IVI. Começo por pensar que me está a telefonar por saber da situação da medicação. E eis que oiço:
– “Olhe, tenho boas notícias, mas assim um bocadinho em cima da hora.. Estivemos a preparar uma dadora mas entretanto o casal negou-se.. A dadora é compatível consigo. Acha que o seu marido pode vir para a punção este sábado?”
– “Claro! É ótimo” [ainda havia a possibilidade de ser sexta-feira mas como não ligaram hoje, é porque será sábado, graças a Deus, porque sexta seria um grande problema].
O meu corpo não está preparado para receber o embrião mas já parei o Femoston e recomeço amanhã o Dermestril. Depois tenho ecografia dia 11 de outubro. Até lá, os embriões ficarão congelados.
boas-noticias

Cada vez mais acredito que nada acontece por acaso. Tanta dificuldade com o medicamento e afinal amanhã já não preciso de fazer 50 km para o ir buscar porque as boas notícias chegaram!
Agora é rezar para que continue tudo a correr o melhor possível.
Juntos os dois, a tentar ser três!

See ya 💎Smurfina

O melhor marido 💑

Amo o Smurf acima de tudo.
Amo passarmos o dia juntos, trocarmos miminhos, carinhos, beijinhos.
Mas nem sempre tenho vontade de fazer amor [antes estranhava, afinal é mais um efeito secundário do meu querido Kallmann].
Deitamo-nos juntos, aconchegamo-nos, enroscamo-nos, encho-o de carinhos e beijinhos e sempre adorei fazer tudo isso.
“Simplesmente” às vezes não tenho desejo sexual.
Piora durante os tratamentos porque o Trisequens tem destas coisas [tem-me acontecido em todos] e os nervos e a ansiedade do próprio tratamento também não ajudam..

E ele? Ele é sempre espetacular e super compreensivo. Pior fico eu, que me sinto triste com a situação.
Ele até fica ofendido quando eu peço desculpa, diz que isso é o menos..
Ele pode dizer que não lhe afeta as vezes que quiser que, no fundo, eu continuo a pensar que afetar até afetava, mas pelo nosso filho(a) ele está disposto a tudo.
E assim continuamos juntos os dois, a desejar muito ser três!

image

Casámos

É verdade. O Smurf estava de férias e tínhamos falado em casar.
Fomos sábado escolher as alianças. Como chegaram ontem e a gravação era feita na hora, confirmámos disponibilidade na conservatória e casámos hoje. Os dois no civil (e o meu tio que fez questão de estar presente para filmar).
Temos esperança de um dia termos um filho. E batizá-lo é para nós algo indispensável.
Assim, tencionamos aproveitar o batizado para casar pela Igreja. Além de fazermos só uma festa (que é economicamente mais favorável) não seremos o centro das atenções (o que para nós é perfeito).
Por enquanto já somos marido e mulher e já partilhamos o apelido.
Adorei. Estou super feliz por termos dado este passo.
Apesar de já vivermos juntos há 5 anos e de nada mudar no nosso dia a dia, agora somos mesmo marido e mulher.
Não é uma grande mudança mas é mesmo oficial.

E por hoje era só isto que queria partilhar convosco..
Partilhar que estou feliz ao lado do meu marido (ainda é positivamente estranho) e que continuamos juntos os 2 a tentar e desejar muito ser três.

E calma Mi e Jonny, está quase a chegar a vossa vez e, graças a Deus, vai ser como desejam – com o(s) bebé(s) na barriguinha 😀

image